top of page
  • Foto do escritorMaíra Guimarães

Porque aplicar o “Botox” tão jovem? É seguro?

Essa dúvida é muito comum, é um assunto que rende diversas opiniões e eu vou te explicar da melhor forma em vista do ponto de que a saúde estética e a prevenção andam juntas.






A toxina botulínica, ou o nosso famoso “Botox” já é aplicado há mais de 20 anos e tem vasto respaldo científico, diversos estudos de confiança para que isso aconteça de forma segura e eficaz.


O que acontecia antigamente, é que era mais comum a aplicação em pacientes com idades avançadas, onde as rugas já estavam bem vincadas e por isso as doses aplicadas acabavam sendo maiores do que as doses que usamos hoje em dia.


Não precisamos temer um resultado artificial de face congelada e sem expressões, pois hoje, ajustamos essa quantidade e a colocação do botox é feita em doses menores, garantindo a naturalidade no procedimento.


Começamos cuidar da pele ainda jovem, antes da pele quebrar, fragmentar e formar aquelas rugas mais difíceis de serem tratadas.


Além da aplicação usual e mais conhecida do botox que é no terço superior da face, onde prevenimos, suavizamos e tratamos as rugas frontais (na testa), da glabela (cara de bravo), orbicular dos olhos (os famosos pézinhos de galinha) e bunny lines (rugas do nariz), também temos pontos avançados para correção do sorriso gengival, suavização do sorriso triste, bandas platismais menos aparentes suavizando rugas do pescoço, até mesmo como aplicação terapêutica nas axilas para hiperidrose e no masseter para bruxismo.



Hoje, o botox é muito difundido em nosso meio de saúde estética para prevenção. Prevenir sempre será o melhor tratamento, e não é só a prevenção clínica, sobre prevenir doenças, mas também a prevenção do envelhecimento é necessária e exige cuidados.


Não precisa ter medo da aplicação do botox, é preventivo, com naturalidade, tem que fazer.

17 visualizações0 comentário

留言


bottom of page